Gostas de ler? Christina Branco

Foto de Christina Branco.
Fonte da foto
A Christina Branco parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!
Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?
Nos últimos anos não tenho relido muitos – ou melhor, de vez em quando pego em livros preferidos e releio certas passagens, mas não releio de capa a capa. Fazia mais isso na adolescência quando não tinha acesso a tantos livros e precisava de ler vorazmente, qualquer coisa servia, até mesmo o que já tinha lido.
Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
 Ui, tantos! Tentei várias vezes ler a Bíblia porque considero que quer se queira ou não é um dos, senão o, livro mais marcante da história: o resultado é que já li imensas vezes os primeiros dois livros e o resto já lá vai… Outro é o Ada ou Ardor, do Nabokov – é mesmo muito fácil perder-se e não é tão conciso e concreto quanto o Lolita. Os meus sinceros parabéns a quem tenha acabado o Ada. O último livro das Crónicas de Gelo e Fogo do George R.R. Martin também está na minha mesa de cabeceira a apanhar pó. Talvez se ele der data de lançamento para o 7º livro eu ganhe uma nova energia para o acabar.

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?

 Considero uma séria falha minha nunca ter lido Tolkien. Tenho inclusive duas cópias d’O Senhor dos Anéis que me ofereceram em adolescente mas abria, lia as primeiras páginas, não me interessava, fechava.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?

  Se me virem “na lua”, é porque provavelmente estou ainda a pensar no fim da tetralogia napolitana da Elena Ferrante.
Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?
Lia tudo o que houvesse para ler. Lia caixas de cereais, lia rótulos de champô, lia o Expresso, lia livros do António Lobo Antunes do meu pai e não percebia nada. Não me lembro de não saber ler. Gostava muito de uns livros sobre uns gnomos e animais da floresta (Contos da Floresta? penso que era assim que se chamavam) que tinham ilustrações lindissimas, popularam imenso o meu imaginário. Depois a série Harry Potter, apesar de hoje reconhecer as falhas a nível de trama, foi fundamental para eu ler livros mais compridos e escolher eu própria os livros que queria ler.

Indica alguns dos teus livros favoritos?

 Em nenhuma ordem particular: Cem Anos de Solidão, de Gabriel Garcia Marquez; a tetralogia Napolitana de Elena Ferrante; O Padrinho de Mario Puzo, A Campânula de Vidro e  os diários de Sylvia PlathHons and Rebels, de Jessica Mitford.

Em que línguas gostas de ler?

 Uma das minhas línguas maternas é o inglês e se o livro for originalmente escrito nessa língua prefiro-o assim. Ando a tentar ler mais livros da lusofonia. Quanto aos livros escritos nem em inglês nem em português, é o que der mais jeito. Talvez livros escritos em espanhol e italiano também façam mais sentido em português.
Tens hábitos ou rituais de leitura?
 Leio essencialmente na cama, antes de adormecer, e em transportes públicos. Se estiver de férias na  praia chego a ler um livro por dia.

Tens conta no goodreads?

 Tenho sim!
Que livro estás a ler?
Lonely Hearts Hotel, de uma autora canadiana chamada Heather O’Neill.
Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?
Vai ser necessário o jogo do copo porque muitas já não estão entre nós, mas:
Sylvia Plath,
Jessica Mitford,
Clarice Lispector,
Han Kang,
Elena Ferrante,
Sue Townsend,
Adília Lopes,
Shirley Jackson,
Agustina Bessa-Luís,
Marjane Satrapi.
Anúncios

Gostas de ler?

A Marília faz parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!
Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?
Não costumo reler livros, apesar de, às vezes, ter essa vontade. O ano passado reli o Cavaleiro da Dinamarca da Sophia de Melo Breyner no Natal e achei que seria uma bela tradição a manter.
Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Vários! Um deles é Life and Death are Wearing me Out do Mo Yan. Ainda não desisti de o acabar.
Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?
A lista de livros a ler aumenta todos os dias. Gostaria de ter lido A Câmpanula de Vidro da Sylvia Plath antes do clube de leitura de Janeiro, o que não se concretizou.
Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?
A cena final do Amor em Tempos de Cólera de Garcia Márquez foi a que mais me marcou.
Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?
Sim, lia muito. Lia principalmente os livros da colecção Uma Aventura, do Triângulo Jota, os policiais da colecção Vampiro, e os livros da Joanne Harris. E quando era miúda relia muito.
Indica alguns dos teus livros favoritos?
Essa pergunta é muito difícil! Recentemente, fiquei deslumbrada com a tetralogia da Elena Ferrante, gostei muito dos Actos Humanos da Han Kang. Adoro Persepolis da Marjane Satrapi, 1984 do Orwell, Maus do Spiegelman, Mil Sóis Esplêndidos de Khaled Hosseini e, claro, Cem Anos de Solidão do Garcia Márquez.
Em que línguas gostas de ler?
Gosto de ler em português e em inglês. Leio em espanhol e francês, mas com mais dificuldade.
Tens hábitos ou rituais de leitura?
Gosto de ter sempre um marcador bonito (nada de usar o bilhete do comboio ou a factura da luz). Não gosto de dobrar páginas nem usar a aba do livro como marcador (sacrilégio!). Leio sempre o que estiver escrito na capa e na contracapa primeiro. Só pesquiso sobre o livro depois de o ter acabado. E, agora que penso, tenho mais uns quantos…
Tens conta no goodreads?
Sim, esta .
Que livro estás a ler?
Estou a ler vários: A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha de David Lagercrantz, Sapiens – Uma breve história da Humanidade de Yuval Noah Harari, a colectânea de poesia de Al Berto – O Medo, um livro de discursos de Churchill. Também estou a ler Ulisses do James Joyce, mas é uma leitura a longo prazo.
Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?
Han Kang
Chimamanda Ngozie Adichie
Elizabeth Gilbert
Marjane Satrapi
Elena Ferrante
Joanne Harris
J.K. Rowling
Arundhati Roy
Isabel Allende
Gillian Flynn

Gostas de ler? Natália Borges Polesso

Na ocasião, lembro que estávamos indo bem, nunca tínhamos trocado um pneu, estávamos indo muito bem. Até que muitos caras começaram a nos rodear, rindo e dando palpite. Engraçado, nenhum se ofereceu realmente para ajudar, mas ficaram ali como varejeiras, fazendo um tipo de zumbido coletivo, praguejando nosso fracasso. Conseguimos, por fim, sem a ajuda não oferecida de nenhum deles. Na época, teria me ofendido até com a ajuda. Não estou dizendo que a zombaria não me ofendesse hoje, é claro que sim, mas eu aceitaria ajuda para trocar um pneu, visto que nunca na vida troquei um sozinha, fora essa vez em que ajudei a Michele.

Trecho de Amora, de Natalia Polesso (Porto Alegre: Não Editora, 2015)

Foto de Helena Topa.
Fonte da Foto

8 de ABRIL 2017 nas Conversas (já passaram alguns meses mas o livro ainda ressoa), a Helena Topa e o Matias Braga desafiaram-nos para mais uma incursão literária e o livro escolhido foi “Amora” (prémio Jabuti) de Natália Borges Polesso, a proposta foi lermos juntes o conto “VÓ, A SENHORA É LÉSBICA?”

À primeira vista, os 32 contos de AMORA (divididos em duas partes: Grandes e Sumarentas e Pequenas e Ácidas) têm o seu interesse maior nas relações homoafetivas entre mulheres, sob vários prismas, desde a curiosidade infantil, passando pela sedução passageira até as longas relações. Não é por acaso, que justamente na metade do livro aparece o delicioso e cruel “Diáspora lésbica”. Mas terminada a leitura e deixando que ela repouse em mim percebo que o tempo passa e livro ainda ressoa porque a escrita de Polesso representa o que existe e a forma como existe: a diversidade dentro da diversidade infinda.

Sara Barbosa: Eu gostei imenso do livro. É um conjunto de textos dos mais bem escritos que tenho lido. Espero dentro em breve publicar um texto sobre ele pois é mesmo um livro para ficar na história da literatura , lésbica, feminista, humana. 

Helena Topa Pareceu-me francamente bom, muito bem escrito, com histórias muito bem esgalhadas.

Para as amoras e amores…

…. aqui ficam as respostas que Natália Borges Polesso deu para a nossa secção Gostas de ler? 

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?
Existem vários! Sou uma leitora que tem o hábito de voltar às páginas lidas. Posso citar dois: um poeta aqui da minha cidade, o Marco de Menezes, ele tem um livro chamado “Pequena madrugada antes da meia-noite”, sempre volto a este volume, sempre me sinto arrebatada. Atualmente, ando às voltas com Teoria King Kong, de Virginie Despentes.

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Ai ai ai, deixe-me pensar um pouco. Vou confessar uma heresia! Nunca terminei “Crime e castigo”! Sou uma leitora muito atenta e chego a ler de setenta a oitenta livros por ano. Tento voltar ao Dostoiévski, mas simplesmente não vai. Preciso regularizar esta situação!

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?
Cocoon, de Zhang Yueran, uma autora chinesa que conheci no Festival Rota das Letras, em Macau. Não está traduzido do Chinês para qualquer língua. Triste.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?
Engraçado, não tenho essa memória específica, fiquei um tempão pensando para responder esta pergunta. Acho que não tenho tanto apego a cenas finais. De todo modo, posso citar a última cena de “Restos do carnaval”, um conto de Clarice Lispector, pelo qual tenho muito carinho. Uma menina, vestida de rosa, com restos papel crepom, desmanchada. Mas não vou contar nem como nem porquê, fica a curiosidade para ler.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?
Fui uma leitora um pouco tardia, creio. Não vim de uma família que tinha livros em casa. Lembro-me de um enciclopédia médica, com a qual meu irmão e eu nos divertíamos ao ver figuras de pulmões e outros órgãos. Isso é um pouco estranho, porque meus pais não são da área da saúde, então não sei bem como a enciclopédia foi parar lá em casa. Lembro também de uma coletânea de poesia, e de alguns poemas de Carlos Drummond de Andrade que eu gostava de saber de cor.

Indica alguns dos teus livros favoritos?
Com prazer:
Alice no país das maravilhas, Lewis Carrol
Histórias de cronópios e de famas, Julio Cortázar
Hibisco roxo, Chimamanda Adiche Ngozi
Felicidade clandestina, Clarice Lispector
Desesterro, Sheyla Smanioto
Gran cabaret demenzial, Veronica Stigger
O útero é do tamanho de um punho, Angélica Freitas
Insubmissas lágrimas de mulher, Conceição Evaristo

Em que línguas gostas de ler?
Gosto de ler em Português, espanhol (me encanta!), francês e inglês. Se soubesse mais línguas, por certo que iria gostar também.

Tens hábitos ou rituais de leitura?
Não. Mas agora pensando, acho que leio muito em voos e viagens. Porque não consigo dormir, então, sempre devoro alguns livros em aeroportos ou rodoviárias.

Tens conta no goodreads?
Tenho, mas não sou muito atenta às redes sociais.

Que livro estás a ler?
Nuestro cuerpo muerto, de Liliana Colanzi

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?
Sheyla Smaniotto
Moema Vilela
Cristina Judar
Maria Valéria Rezende
Gabriela Ribeiro
Maya Falks
Assionara Souza
Julia Dantas
Paulliny Gualberto TOrt
Lisa Alves

Esperamos que brevemente alguma editora portuguesa faça chegar a obra Natália Borges Polesso a este lado do 

Gostas de ler? Raquel Felizes

Resultado de imagem para leer

A Raquel faz parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler? 

A Fada Oriana de Sophia de Mello Breyner e O Principezinho de Antoine de Saint-Exupéry. 

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim? 

Existem cinco mas ainda mantenho a esperança de voltar a eles e de os ler até ao fim: Guerra e Paz do Tolstoi, A Divina Comédia de Dante, O livro do desassossego de Fernando Pessoa, Dentro do Segredo do José Luís Peixoto e Butcher’s Crossing do Jonh Williams.

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste? 

Existem vários. Vou dividir a resposta em duas categorias: “recentes ou relativamente recentes” e “clássicos ou autores incontornáveis”.

Então, na categoria de “recentes ou relativamente recentes” temos:

  • Ana de Amsterdam de Ana Cássia Rebelo
  • Olhando o sofrimento dos outros de Susan Sontag
  • Um estado selvagem de Roxane Gay;
  • Não posso nem quero de Lydia Davis.

Na categoria de “clássicos ou autores incontornáveis”:

  • Ulisses de James Joyce;
  • Odisseia de Homero;
  • O Monte dos Vendavais de Emily Brontë;
  • As pessoas felizes da Agustina Bessa Luís;
  • O som e a fúria de William Faulkner;
  • O sangue dos outros e O segundo sexo de Simone de Beauvoir;
  • Cem anos de solidão e Amor em tempos de cólera de Gabriel Garcia Marques;
  • O ano da morte de Ricardo Reis e Jangada de Pedra de José Saramago;
  • A condição humana de Hannah Arendt;
  • História da sexualidade de Foucault.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer? 

Anna Karenina de Tolstoi.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias? 

Na infância, quando mudei de casa dos subúrbios de Gaia para o centro, transformei-me numa frequentadora assídua da Biblioteca Municipal. Esse ritual permitia-me o privilégio de trazer para casa “livros com bolinha vermelha” (aqueles que, devido à falta de exemplares, supostamente, não deveriam sair da biblioteca). Dessa fase ficam-me as bandas desenhadas todas da Mafalda do Quino, os diversos contos da Sophia de Mello Breyner, da Ilse Losa, da Maria Alberta Menéres e da Matilde Rosa Araújo (não conseguia ler livros muito robustos mas adorava ler). Os mais robustos nesta fase eram da Alice Vieira. 

Indica alguns dos teus livros favoritos?

Stoner de John Williams; Terapia de David Lodge;  O Ensaio sobre a Cegueira de José Saramago, Crime e Castigo de Dostoiévski; Anna Karenine de Tolstoi, a tetralogia de Elena Ferrante e a Síbila de Agustina Bessa Luís.

Em que línguas gostas de ler? 

Português, inglês e castelhano.

Tens hábitos ou rituais de leitura?

Vários. Em casa, primeiro. No dia a dia, à noite, na cama, acendo a luz da mesinha de cabeceira e leio o livro que lá está ou leio no tablet (o que estiver no ibooks) às escuras para não incomodar o parceiro do lado. Este ritual, normalmente, funciona como sedativo e é frequente adormecer de óculos, com o livro/tablet ao lado ou em cima da barriga, ou arrumados pelo parceiro do lado numa das suas viagens noturnas. Durante o dia (aos fins de semana ou em período de férias) tenho três cantinhos de leitura diferentes consoante a disposição solar. Fora de casa, saio sempre com um livro, ou com a aplicação ibooks para aproveitar bem o meu tempo nos tempos mortos que surgem enquanto transporto filhos de um lado para o outro mas, normalmente, enquanto espero ponho-me a conversa com alguém e lá se vai a iniciativa. Sou eficaz nas minhas tentativas quando leio no carro durante viagens longas em autoestrada. Adoro ler num parque, na praia ou numa esplanada. 

Tens conta no goodreads

Não nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa e vou pesquisar!

Que livro estás a ler? 

Sempre fui leitora de ler um livro de cada vez mas, agora, como tenho sempre no encalço o livro do mês d‘As Leitoras de Pandora, tenho vários ao mesmo tempo, pois nem sempre acompanho o ritmo. Estou a ler Emma da Jane Austen, The bell jarr de Sylvia Plath e Os filhos da Rua Arbat  de Anatoli Rybakov.

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas. 

Escolhi apenas vivas: 

  1. Agustina Bessa Luís,
  2. Elena Ferrante,
  3. Isabel Allende,
  4. Maruja Torres,
  5. Alice Munro,
  6. Maria Velho da Costa,
  7. Maria Teresa Horta,
  8. Alice Vieira,
  9. Lídia Jorge,
  10. Inês Pedrosa. 

Queres partilhar a nossa ilusão por livros e gostavas de contribuir com o teu grãozinho de areia para que este projeto continue a crescer? Procurar e sugerir novas leituras?

Junta-te a nossa comunidade através da assinatura ou com o cartão de sócia de vida 😉.

Gostas de ler? Catarina Silva.

 

A Catarina faz parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?

Sim! Kafka à Beira Mar, de Haruki Murakami.

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?

Penso que não. Geralmente se não atinar com um livro à primeira quer dizer que não está destinado.

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?

A série Earthsea, da Ursula K. Le Guin.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?

A Little Life, de Hanya Yanagihara.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?

Sim! Felizmente a minha professora primária incentivava imenso à leitura e foi um hábito que ficou desde ai! Lembro-me perfeitamente de ler O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry e O Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos.

Indica alguns dos teus livros favoritos?

As Intermitências da Morte, de José Saramago. Frankenstein, de Mary Shelley. Kafka à Beira Mar, de Haruki Murakami. The Book Thief, de Markus Zuzak. Nimona, de Noelle Stevenson. The Virgin Suicides, de Jeffrey Eugenides.

Em que línguas gostas de ler?

Português e Inglês.

Tens hábitos ou rituais de leitura?

Nunca comer enquanto leio porque tirar migalhas de entre as páginas de um livro é muito complicado.

Tens conta no goodreads?

Sim! (Podes visitar a Catarina aqui»»)

Que livro estás a ler?

Northern Lights, de Philip Pullman.

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?

  1. Libba Bray
  2. Leigh Bardugo
  3. Sylvia Plath
  4. Margaret Atwood
  5. Kelly Sue DeConnick
  6. Mary Shelley
  7. Virginia Woolf
  8. Charlotte Brontë
  9. Victoria Schwab
  10. G. Willow Wilson

Queres partilhar a nossa ilusão e gostavas de contribuir com o teu grãozinho de areia para que este projeto continue a crescer?

Procurar e sugerir novas leituras, junta-te a nossa comunidade através da assinatura ou com o cartão de sócia de vida 😉.

 

Gostas de ler? Mariana Neves.

A Mariana faz parte da nossa comunidade e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?

Para além do Principezinho  de Antoine de Saint-Exupéry que releio todos os anos, o Planalto e a Estepe do Pepetela.

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim? 

Todos os do António Lobo Antunes.

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?

Muitos livros na lista à espera de serem lidos! Pergunta muito dificil para ser respondida.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer? 

Diário de Anne Frank e Lua de Joana de Maria Teresa Maia Gonzalez.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias? 

Sim! “Cavaleiro da Dinamarca”, “O Fio da Ariana” ambos da Sophia de Mello Breyner, e “Um lugar mágico ou como salvar a natureza” da Susanna Tamaro.

Indica alguns dos teus livros favoritos?

Filhos da droga de Christiane F., Orgulho e Preconceito de Jane Austen e o Diário de Anne Frank.

Em que línguas gostas de ler?

Português.

Tens hábitos ou rituais de leitura?

Tento ter.

Tens conta no goodreads?

Sim. (Podem visitar a Mariana aqui»»)

Que livro estás a ler? 

Dois livros técnicos sobre autismo, para já.

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?

  1. Susanna Tamaro
  2. Jane Austen
  3. Sophia de Mello Breyner
  4. Torey Hayden
  5. Dorothy Koomson
  6. Bea Johnson
  7. Simone de Beauvoir, não são 10, mas são as que queria :)

Queres partilhar a nossa ilusão e gostavas de contribuir com o teu grãozinho de areia para que este projeto continue a crescer?

Procurar e sugerir novas leituras, junta-te a nossa comunidade através da assinatura ou com o cartão de sócia de vida 😉.

 

Gostas de ler? Sónia Pereira.

Resultado de imagem para book

A Sónia faz parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler? 

Sim, Jane Eyre (entre outros).

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim? 

O processo de Kafka, mas ainda não desisti.

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste? 

Por quem os sinos dobram de Ernest Hemingway.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer? 

O meu pé de laranja lima de José Mauro de Vasconcelos.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias? 

Sim, quase tudo o que apanhasse à mão: tudo da Enid Blython, da Condessa de Ségur, Nancy Drew, Patrícia e outras de aventuras/mistério, livros da Biblioteca das Raparigas.

Indica alguns dos teus livros favoritos?

Jane Eyre, todos da Jane Austen, O diário de Bridget Jones de Helen Fielding, O homem do fato castanho, da Agatha Christie, O meu pé de laranja lima de José Mauro de Vasconcelos, O principe das marés de Pat Conroy, Amesterdão de Ian McEwan, The hitchiker’s guide to the galaxy de Douglas Adams.

Em que línguas gostas de ler?

Português e Inglês.

Tens hábitos ou rituais de leitura?

Não propriamente.

Tens conta no goodreads

Não ou pelo menos não uso.

Que livro estás a ler? 

The Great Santini, do Pat Conroy.

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas? 

  • Jane Austen
  • Charlotte Bronte
  • Anne Bronte
  • Agatha Christie
  • Florence Barclay
  • Chimamanda Adichie
  • Rosa Lobato Faria
  • Sophia de Mello Breyner
  • Margaret Atwood
  • Pearl Buck

Queres partilhar a nossa ilusão e gostavas de contribuir com o teu grãozinho de areia para que este projeto continue a crescer?

Procurar e sugerir novas leituras, junta-te a nossa comunidade através da assinatura ou com o cartão de sócia de vida 😉.