Gostas de ler?

A Marília faz parte da nossa comunidade e do clube de leitura e quisemos conhece-la melhor e descobrir os livros que lê. Aqui fica o que descobrimos!
Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?
Não costumo reler livros, apesar de, às vezes, ter essa vontade. O ano passado reli o Cavaleiro da Dinamarca da Sophia de Melo Breyner no Natal e achei que seria uma bela tradição a manter.
Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Vários! Um deles é Life and Death are Wearing me Out do Mo Yan. Ainda não desisti de o acabar.
Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?
A lista de livros a ler aumenta todos os dias. Gostaria de ter lido A Câmpanula de Vidro da Sylvia Plath antes do clube de leitura de Janeiro, o que não se concretizou.
Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?
A cena final do Amor em Tempos de Cólera de Garcia Márquez foi a que mais me marcou.
Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?
Sim, lia muito. Lia principalmente os livros da colecção Uma Aventura, do Triângulo Jota, os policiais da colecção Vampiro, e os livros da Joanne Harris. E quando era miúda relia muito.
Indica alguns dos teus livros favoritos?
Essa pergunta é muito difícil! Recentemente, fiquei deslumbrada com a tetralogia da Elena Ferrante, gostei muito dos Actos Humanos da Han Kang. Adoro Persepolis da Marjane Satrapi, 1984 do Orwell, Maus do Spiegelman, Mil Sóis Esplêndidos de Khaled Hosseini e, claro, Cem Anos de Solidão do Garcia Márquez.
Em que línguas gostas de ler?
Gosto de ler em português e em inglês. Leio em espanhol e francês, mas com mais dificuldade.
Tens hábitos ou rituais de leitura?
Gosto de ter sempre um marcador bonito (nada de usar o bilhete do comboio ou a factura da luz). Não gosto de dobrar páginas nem usar a aba do livro como marcador (sacrilégio!). Leio sempre o que estiver escrito na capa e na contracapa primeiro. Só pesquiso sobre o livro depois de o ter acabado. E, agora que penso, tenho mais uns quantos…
Tens conta no goodreads?
Sim, esta .
Que livro estás a ler?
Estou a ler vários: A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha de David Lagercrantz, Sapiens – Uma breve história da Humanidade de Yuval Noah Harari, a colectânea de poesia de Al Berto – O Medo, um livro de discursos de Churchill. Também estou a ler Ulisses do James Joyce, mas é uma leitura a longo prazo.
Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?
Han Kang
Chimamanda Ngozie Adichie
Elizabeth Gilbert
Marjane Satrapi
Elena Ferrante
Joanne Harris
J.K. Rowling
Arundhati Roy
Isabel Allende
Gillian Flynn
Anúncios

Gostas de ler? Natália Borges Polesso

Na ocasião, lembro que estávamos indo bem, nunca tínhamos trocado um pneu, estávamos indo muito bem. Até que muitos caras começaram a nos rodear, rindo e dando palpite. Engraçado, nenhum se ofereceu realmente para ajudar, mas ficaram ali como varejeiras, fazendo um tipo de zumbido coletivo, praguejando nosso fracasso. Conseguimos, por fim, sem a ajuda não oferecida de nenhum deles. Na época, teria me ofendido até com a ajuda. Não estou dizendo que a zombaria não me ofendesse hoje, é claro que sim, mas eu aceitaria ajuda para trocar um pneu, visto que nunca na vida troquei um sozinha, fora essa vez em que ajudei a Michele.

Trecho de Amora, de Natalia Polesso (Porto Alegre: Não Editora, 2015)

Foto de Helena Topa.
Fonte da Foto

8 de ABRIL 2017 nas Conversas (já passaram alguns meses mas o livro ainda ressoa), a Helena Topa e o Matias Braga desafiaram-nos para mais uma incursão literária e o livro escolhido foi “Amora” (prémio Jabuti) de Natália Borges Polesso, a proposta foi lermos juntes o conto “VÓ, A SENHORA É LÉSBICA?”

À primeira vista, os 32 contos de AMORA (divididos em duas partes: Grandes e Sumarentas e Pequenas e Ácidas) têm o seu interesse maior nas relações homoafetivas entre mulheres, sob vários prismas, desde a curiosidade infantil, passando pela sedução passageira até as longas relações. Não é por acaso, que justamente na metade do livro aparece o delicioso e cruel “Diáspora lésbica”. Mas terminada a leitura e deixando que ela repouse em mim percebo que o tempo passa e livro ainda ressoa porque a escrita de Polesso representa o que existe e a forma como existe: a diversidade dentro da diversidade infinda.

Sara Barbosa: Eu gostei imenso do livro. É um conjunto de textos dos mais bem escritos que tenho lido. Espero dentro em breve publicar um texto sobre ele pois é mesmo um livro para ficar na história da literatura , lésbica, feminista, humana. 

Helena Topa Pareceu-me francamente bom, muito bem escrito, com histórias muito bem esgalhadas.

Para as amoras e amores…

…. aqui ficam as respostas que Natália Borges Polesso deu para a nossa secção Gostas de ler? 

Existe um livro que já leste várias vezes e vais continuar a reler?
Existem vários! Sou uma leitora que tem o hábito de voltar às páginas lidas. Posso citar dois: um poeta aqui da minha cidade, o Marco de Menezes, ele tem um livro chamado “Pequena madrugada antes da meia-noite”, sempre volto a este volume, sempre me sinto arrebatada. Atualmente, ando às voltas com Teoria King Kong, de Virginie Despentes.

Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Ai ai ai, deixe-me pensar um pouco. Vou confessar uma heresia! Nunca terminei “Crime e castigo”! Sou uma leitora muito atenta e chego a ler de setenta a oitenta livros por ano. Tento voltar ao Dostoiévski, mas simplesmente não vai. Preciso regularizar esta situação!

Que livro gostarias de ter lido mas que por algum motivo nunca leste?
Cocoon, de Zhang Yueran, uma autora chinesa que conheci no Festival Rota das Letras, em Macau. Não está traduzido do Chinês para qualquer língua. Triste.

Que livro leste e que cuja cena final jamais conseguiste esquecer?
Engraçado, não tenho essa memória específica, fiquei um tempão pensando para responder esta pergunta. Acho que não tenho tanto apego a cenas finais. De todo modo, posso citar a última cena de “Restos do carnaval”, um conto de Clarice Lispector, pelo qual tenho muito carinho. Uma menina, vestida de rosa, com restos papel crepom, desmanchada. Mas não vou contar nem como nem porquê, fica a curiosidade para ler.

Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se sim, qual os livros que lias?
Fui uma leitora um pouco tardia, creio. Não vim de uma família que tinha livros em casa. Lembro-me de um enciclopédia médica, com a qual meu irmão e eu nos divertíamos ao ver figuras de pulmões e outros órgãos. Isso é um pouco estranho, porque meus pais não são da área da saúde, então não sei bem como a enciclopédia foi parar lá em casa. Lembro também de uma coletânea de poesia, e de alguns poemas de Carlos Drummond de Andrade que eu gostava de saber de cor.

Indica alguns dos teus livros favoritos?
Com prazer:
Alice no país das maravilhas, Lewis Carrol
Histórias de cronópios e de famas, Julio Cortázar
Hibisco roxo, Chimamanda Adiche Ngozi
Felicidade clandestina, Clarice Lispector
Desesterro, Sheyla Smanioto
Gran cabaret demenzial, Veronica Stigger
O útero é do tamanho de um punho, Angélica Freitas
Insubmissas lágrimas de mulher, Conceição Evaristo

Em que línguas gostas de ler?
Gosto de ler em Português, espanhol (me encanta!), francês e inglês. Se soubesse mais línguas, por certo que iria gostar também.

Tens hábitos ou rituais de leitura?
Não. Mas agora pensando, acho que leio muito em voos e viagens. Porque não consigo dormir, então, sempre devoro alguns livros em aeroportos ou rodoviárias.

Tens conta no goodreads?
Tenho, mas não sou muito atenta às redes sociais.

Que livro estás a ler?
Nuestro cuerpo muerto, de Liliana Colanzi

Indica 10 escritoras que gostavas que respondessem a estas perguntas?
Sheyla Smaniotto
Moema Vilela
Cristina Judar
Maria Valéria Rezende
Gabriela Ribeiro
Maya Falks
Assionara Souza
Julia Dantas
Paulliny Gualberto TOrt
Lisa Alves

Esperamos que brevemente alguma editora portuguesa faça chegar a obra Natália Borges Polesso a este lado do 

Agora ando entre 2, mas é a primeira vez.

Hábitos de Leitura

Tens algum lugar específico para ler em tua casa?

Não

Utilizas marcador de livros ou um papel ao azar?

Se uso alguma coisa é um papel ao azar.

Podes parar a leitura ou tens que parar em momentos concretos como o fim de um capítulo ou um número determinado de páginas?

Posso parar.

Comes ou bebes durante a leitura?

Não é habitual.

Vês televisão ou ouves musica durante a leitura?

Não.

Um livro de cada vez ou vários ao mesmo tempo?

Agora ando entre 2, mas é a primeira vez.

Ler em casa ou em qualquer lugar?

Casa ou num sítio mesmo calmo.

Ler em voz alta ou na tua cabeça?

Na minha cabeça.

Alguma vez lês páginas posteriores ou saltas algumas?

Não.

Vincar a lombada ou deixar o livro como novo?

Livros lidos não podem parecer novos.

Escreves ou sublinhas os livros que lês?

As vezes sublinho.

Filipa Vargas tatuadora e  leitora desde os 8 anos de idade.
Facebook

Leio na cama ou na banheira rodeada de espuma.

Hábitos de Leitura

Tens algum lugar específico para ler em tua casa?

Normalmente é na cama ou na banheira rodeada de espuma.

Utilizas marcador de livros ou um papel ao azar?

Marcador ou papel tanto faz.

Podes parar a leitura ou tens que parar em momentos concretos como o fim de um capítulo ou um número determinado de páginas?

Prefiro acabar no fim dum capitulo mas mesmo às vezes não acontece.

Comes ou bebes durante a leitura?

Não.

Vês televisão ou ouves musica durante a leitura?

Não, se ouvir música distraio-me logo.

Um livro de cada vez ou vários ao mesmo tempo?

Vários.

Ler em casa ou em qualquer lugar?

Qualquer lugar.

Ler em voz alta ou na tua cabeça?

Na minha cabeça.

Alguma vez lês páginas posteriores ou saltas algumas?

Não consigo saltar, e às vezes até volto atrás.

Vincar a lombada ou deixar o livro como novo?

Vincar.

Escreves ou sublinhas os livros que lês?

Sublinho muito e faço umas notas pessoais como pot exemplo corações quando gosto muito de alguma frase/excerto e também sublinho palavras que quero procurar o significado mais tarde.

@Raquel Smith-Cave leitora e criadora da zine feminista CuntRoll.

Há livros mais próximos fisicamente do que outros….

Hábitos de Leitura

Tens algum lugar específico para ler em tua casa?

Normalmente em casa, leio na cama, ou no metro/bus.

Utilizas marcador de livros ou um papel ao azar?

Depende, ou marcadores ou papel ao calhas.

Podes parar a leitura ou tens que parar em momentos concretos como o fim de um capítulo ou um número determinado de páginas?

Não, leio seguido até me fartar ou adormecer.

Comes ou bebes durante a leitura?

Não como, mas bebo.

Vês televisão ou ouves musica durante a leitura?

Não, apenas estou a ler.

Um livro de cada vez ou vários ao mesmo tempo?

Vários livros, mas chega a uma altura, perto dos finais, que acabo um de cada vez.

Ler em casa ou em qualquer lugar?

Sim, ler num jardim, café, praia, …em qualquer lugar.

Ler em voz alta ou na tua cabeça?

Em sítios públicos leio na minha cabeça, em casa, às vezes leio também em voz alta. Sobretudo, os livros em outros idiomas.

Alguma vez lês páginas posteriores ou saltas algumas?

Sim, quando estou a estudar se vale a pena ler um livro ou a tentar convencer-me a fazê-lo.

Vincar a lombada ou deixar o livro como novo?

humm, não sei, é o que acontecer, alguns são mais próximos fisicamente do que outros….

Escreves ou sublinhas os livros que lês?

Nem sempre, é muito raro escrever e tendo faze-lo subtilmente.

Kate Falcão visual artist & puppetry

Gosto de ler na varanda

Hábitos de Leitura

Tens algum lugar específico para ler em tua casa?

Não. Gosto de ler na varanda, ao fim da tarde, quando o sol já não está tão mortífero.

Utilizas marcador de livros ou um papel ao azar?

Ambos. O que estiver mais à mão. Neste momento estou a usar um pedaço dum leque.

Podes parar a leitura ou tens que parar em momentos concretos como o fim de um capítulo ou um número determinado de páginas?

Prefiro parar no fim dos capítulos. Quando não o faço normalmente é porque fui abatida pelo sono e depois vou ter de voltar a ler um bom bocado para trás.

Comes ou bebes durante a leitura?

Bebo, frequentemente chá, café e/ou água.

Vês televisão ou ouves musica durante a leitura?

Não. É um desperdício de electricidade.

Um livro de cada vez ou vários ao mesmo tempo?

Estou sempre a ler várias coisas ao mesmo tempo mas há um livro que é a leitura do momento. Os outros são consultas, pesquisa de terreno para leituras futuras.

Ler em casa ou em qualquer lugar?

A leitura mais próxima da felicidade é ao ar livre. Aí, ao contrário de com os gadgets electrónicos, os sons de fundo fazem parte da experiência. Vento, grilos. Chuva também é bom, se estiver abrigada.

Ler em voz alta ou na tua cabeça?

Nunca leio em voz alta, nem me passa pela cabeça. Só leio em voz alta coisas que escrevo eu, na tentativa de me distanciar um pouco. Nas coisas que escreve outra gente quero estar bem dentro.

Alguma vez lês páginas posteriores ou saltas algumas?

Sim, quando estou a estudar se vale a pena ler um livro ou a tentar convencer-me a fazê-lo.

Vincar a lombada ou deixar o livro como novo?

Não tenho orgulho nenhum de que fiquem com um ar usado logo à primeira leitura mas é isso que normalmente acontece. Isto porque ando com eles na mochila

Escreves ou sublinhas os livros que lês?

Sim, muito, se os estiver a estudar.

@saraleão a ler desde 1989 e Leitora de Pandora desde 2015. A Sara também escreve sobre livros. Podes ler as suas crónicas aqui ou segui-la no Goodreads