A Violência pt.2: Cassandra, Christa Wolf

Resultado de imagem para Cassandra Narrativa de Christa Wolf
Comprar Livro »»

Eu e este livro temos uma história. Durante a minha infância, quando ia todas as quintas-feiras com o meu avô à biblioteca, eu e Cassandra olhávamo-nos. A figura de Cassandra era a minha favorita de entre todas na mitologia grega. E, na altura, a mitologia grega era um dos meus maiores interesses, lia muitos livros sobre o tema. Mas não lia este. Este parecia-me muito adulto, muito complicado para o meu infantil entendimento. Com o passar do tempo nunca o esqueci e muitas vezes escrevi sobre Cassandra, inspirada pelo livro que não lia.

Publicado em 1983 e reeditado em Português em 2016, voltou até mim no meu último aniversário. Era, finalmente, a altura de ler Cassandra. Christa Wolf nasceu em 1929 numa cidade que agora é Polaca, mas que na época era Alemã. Após a segunda guerra mundial viveu na República Democrática Alemã e em Cassandra escreveu a história da sua queda.

Resultado de imagem para Christa Wolf
Christa Wolf, Fonte da Imagem

“Dez anos de guerra. Foi tempo mais que suficiente para esquecer completamente a questão de saber como ela tinha começado. Em plena guerra só se pensa em como ela irá acabar. E adia-se a vida. Quando muitos fazem isso, nasce em nós o espaço vazio por onde entra a guerra.”

Cassandra de Christa Wolf

Cassandra vê a verdade que ninguém quer ouvir. E no livro narra-nos a sua história, todas as memórias da sua vida em Tróia, até à sua morte. Sem capítulos, sem pausas, o livro é narrado como de um fôlego só, ininterrupto. Nós, leitoras, somos as últimas ouvintes dos momentos que Cassandra recorda antes da sua morte, anunciada de imediato no segundo parágrafo. Em nós permanecerá a sua vida quando a sua respiração, a sua narrativa, terminar.

Cassandra, filha de Príamo, Rei de Tróia, irmã de Heitor e Páris, amante de Eneias, vive a guerra de uma perspectiva central, próxima dos seus heróis derrotados. Mas neles vê apenas cumplicidade com a violência, o outro lado que perpetua a mesma guerra. Cassandra procura outras soluções, outras formas de resistir àquele conflito: encontra-as nas Amazonas e nas mulheres que se exilam nas montanhas.

“Os homens, fracos, arvorados em vencedores, precisam de nós como vítimas, como última forma de sentirem. E foram mais longe, para o castigar: arrastaram a morta, que ele agora chorava, com cavalos pelo campo e deitaram-na no rio. Vexar a mulher para atingir o homem.”


Cassandra de Christa Wolf

As mulheres que vivem nas montanhas tentam afastar-se da guerra e refazer a sua própria sociedade, tentam sobreviver com alguma paz, alguma dignidade. São mulheres que perderam tudo, mas que resistem a tornar-se apenas objetos numa guerra feita por homens que as tratam como despojos. E quando os homens vêm na derrota apenas a morte, elas conseguem ver a sobrevivência.

Cassandra não é um livro trágico, é um livro de violência. Mostra-nos como a violência extrema de uma guerra que destrói um país, destrói também as famílias, as pessoas, as ligações e as emoções; as vidas que podiam ter sido tantas outras coisas, mas que se tornaram apenas vidas vazias de vida, vidas apenas de guerra.

“Quem sou eu para ver em vós apenas os vencedores e não aqueles que viverão? Que terão de viver para que aquilo a que chamamos vida possa continuar. Estes pobres vencedores têm que viver por todos aqueles que mataram.”

Cassandra de Christa Wolf

 

A Violência pt.1: No Exílio, Elisa Lispector
A Violência pt.3: Atos Humanos, Han Kang – 16.03.18

 

Texto escrito por Diana Fontão

2 pensamentos sobre “A Violência pt.2: Cassandra, Christa Wolf

  1. Pingback: A Violência pt.1: No Exílio, Elisa Lispector – Confraria Vermelha Livraria de Mulheres

  2. Pingback: A Violência pt.3: Atos Humanos, Han Kang – Confraria Vermelha Livraria de Mulheres

A tua opinião é importante

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s