Conversas: #1 O abuso do abuso

Resultado de imagem para machismo en la literatura

Aviso: Este artigo trata de temas como o abuso sexual e emocional

A ideia deste texto, como outros que me rondam pela cabeça, é chegar à raiz das conversas que vou tendo com as leitoras na livraria. Numa dessas conversas, actualizando as nossas últimas leituras, confirmamos que existe uma alarmante proporção de violações e abuso sexual (geralmente a mulheres) na literatura. E porquê?

Por vezes tenho a sensação de não existir outra forma de caracterizar a personagem feminina do que transforma-la em vítima de abuso sexual. Uma ou duas agressões e já temos a nossa personagem feminina caracterizada, e ela é: ou um turbilhão de nervos e lágrimas até ao fim da história ou uma sobrevivente que emana vingança por todos os poros e um ódio feroz pelos homens. Podemos ver que não só temos traçada uma personagem feminina mas também o enredo completo. Sabemos de antemão que violar não é aceitável.

Uma violação (ou tentativa) e já temos o vilão, a vítima e o herói (pessoa que salva a rapariga ou evita que se concretize a violação). Já vimos isto imensas vezes e em todos os géneros literários. No livro The Privilege Of The Sword de Ellen Kushner, a melhor amiga de Katherine é violada pelo seu prometido e a protagonista tem o dever de defender a sua honra e castigar o vilão.

Nas 50 sombras de Grey de E. L. James, Christian salva a Anastasia das garras de José Luis Rodríguez (colocar um nome latino para o vilão também pode ter outras leituras!). Na saga Crepúsculo de Stephanie Meyer, Edward salva a Bella de uns malvados violadores numa rua sem saída. E podia continuar a dar exemplos, a Guerra dos tronos, etc. Tenho a certeza que vocês se lembram de mais exemplos, infelizmente a violação e a sombra do abuso sexual sempre estão presentes na ficção como recurso barato para introduzir tensão.

É usada com tanta frequência, que fico com a sensação, que muitas escritoras e escritores não param para pensar no que estão a fazer. Muitas vezes a sombra da violação está lá desde o princípio sem motivo real. Sem contribuir em nada para o enredo.

É um recurso tão gasto que é adulterado com demasiada frequência. As violações só acontecem em ruas sem saída, na penumbra, por vilões desconhecidos. Ao mesmo tempo que vemos relações que se constroem na base da coacção e da toxicidade emocional sem parar para pensar que a violência sexual não é uma coisa que acontece apenas de madrugada e muito menos por amor.

E  pior: é um recurso utilizado para fazer sofrer terceiras pessoas ou para avançar no enredo ou dar motivação ao herói (geralmente masculino). A vítima é utilitária, é mais um mecanismo, o que só contribui para a sua desvalorização.

O abuso sexual, não é necessário para criar uma situação de vulnerabilidade, ou para caracterizar o vilão, ou para enraivecer os/as protagonistas. Não, NÃO é necessário. O abuso sexual deveria ser utilizado apenas quando se pretende falar dele em maiúsculas e estabelecer uma conversa seria.

Um exemplo positivo é a saga Jessica Jones, a forma como o abuso é abordado é limpo e através de várias perspectivas. Para mim, é a única forma de tratar o abuso sexual. Mas deixo o aviso a quem não leu, é uma saga com um alto teor de violência contudo não é uma violência gratuita.

Por outro lado é habitual encontrar protagonistas com um background de abuso sexual e físico (maltrato por parte dos tutores, companheiros, parceiros…), mas não é tão comum encontrar sobreviventes de abuso emocional ou abandono familiar. Se não houver pancada e marcas não é tão potente e angustiante.

Ainda não se falou com propriedade sobre o tema e penso que é urgente fazê-lo. O abuso do abuso não enriquece a literatura. Da minha parte, decidi, evitar ler obras que recorram sem filtro ao abuso sexual para traçar as suas personagens ou dar uma reviravolta ao enredo. Para mim são mais estimulantes as personagens femininas que não lhes acontece nada que não possa acontecer as personagens masculinas. E caso o enredo explore o abuso sexual optarei por ler obras que o façam de forma real e limpa.

Gostava muito de saber a vossa opinião, querem partilha-la nos comentários? :)

transferir-3

Anúncios

A tua opinião é importante

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s